Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

Contacte-nos
Candidate-se

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO COM DIRETORA DE CURSO

09.02.2023 • 19h00 • ONLINE

ASSISTIR

Língua

Português

Propinas*

Nacionais: 1.500€
Internacionais: 5.000€
Internacionais CPLP: 2.750€

Data limite candidaturas

01-03-2023

Horário

Pós-laboral

Duração

2 anos

Início do programa

Setembro 2023

* Propinas em vigor no ano letivo 2023/24 (tempo integral). Saiba mais aqui.

O Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde oferece uma formação multidisciplinar e abrangente com o objetivo de dotar os profissionais de saúde dos conhecimentos e das competências essenciais à otimização do uso dos recursos ao seu dispor. A qualidade do corpo docente, que alia a um elevado nível académico uma forte e relevante experiência no exercício de funções de topo no setor da saúde, é frequentemente apontada pelos estudantes como um dos fatores distintivos do mestrado e uma das causas para o seu sucesso.

Ao longo do curso, os participantes são expostos a múltiplas perspetivas e formas de pensar, o que lhes permitirá compreender melhor as transformações que têm ocorrido no setor. Ficarão, ainda, mais habilitados a refletir criticamente sobre as possíveis vias para a resolução de problemas nas organizações, bem como sobre as potenciais consequências das suas decisões e da sua atuação.

Susana Oliveira
Diretora do Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

Mestrados > Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

1.º Ano

1.º Semestre
Nome Créditos
Economia da Saúde 7,5
Contabilidade e Finanças de Serviços de Saúde 7,5
Métodos Quantitativos 7,5
Gestão de Serviços de Saúde 7,5
2.º Semestre
Nome Créditos
Inovação e Economia da Saúde 7,5
Gestão de Recursos Humanos 4
Estratégia e Marketing de Serviços de Saúde 7,5
Sistemas e Políticas de Saúde 7,5
Direito da Saúde 3,5

2.º Ano

Anual
Nome Créditos
Dissertação / Projeto / Estágio 45
1.º Semestre
Nome Créditos
Plano de Dissertação / Plano de Projeto / Plano de Estágio 7,5

Unidades curriculares de opção do 2.º ano

  • Seminários (7,5 créditos)
  • Qualquer unidade curricular do 2º ciclo da Faculdade de Economia
  • Qualquer unidade curricular do 2º ciclo da Universidade do Porto

* mínimo de 7,5 créditos e máximo de 7,5 créditos

7,5
Mais informações

Mestrados > Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

Destinatários

  • Médicos, Farmacêuticos, Enfermeiros e outros profissionais de saúde que pretendam adquirir uma especialização em Gestão e Economia de Serviços de Saúde;
  • Profissionais de nível superior que pretendam adquirir conhecimentos ou exercer funções de gestão de serviços de saúde, incluindo na administração hospitalar, na direção de clínicas ou farmácias, e na direção de serviços na área médica ou enfermagem;
  • Recém-licenciados que se interessam por questões relacionadas com a Gestão e Economia de Serviços de Saúde.

Os estudantes que habitualmente frequentam o curso vão desde recém-licenciados a profissionais experientes que exercem (ou pretendem exercer) funções de gestão de um serviço ou de uma organização de saúde.

Perfil do estudante

Perfil dos estudantes Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

Mestrados > Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

Oportunidades de carreira

O Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde dota os participantes de formação técnica e científica, multidisciplinar e abrangente, que os habilita a exercer funções de direção e chefia de serviços de saúde.

Mestrados > Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

Rankings

21.º lugar a nível mundial no Eduniversal Best Masters Ranking 2022 na categoria “Health Economics / Public Health”.

Mestrados > Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

Testemunhos

Liliane Meireles
Liliane Meireles

“O Sector da Saúde é complexo e desafiante. É fundamental uma visão holística e multidisciplinar para tentar alcançar as melhores soluções para os problemas que este enfrenta. O Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde superou as minhas expetativas. Proporcionou-me conhecimentos essenciais acerca da organização e financiamento do Sector da Saúde e revelou-me uma nova perspetiva sobre a gestão dos recursos técnicos, humanos e financeiros.
Destaco a qualidade conteúdos lecionados, a dedicação e proximidade de todo o corpo docente, bem como a partilha de experiências e de visões com os colegas de diferentes áreas profissionais.”

João Nunes
João Nunes

“Num sempre presente contexto de escassez de recursos em Saúde, a aquisição de conhecimentos e competências em Gestão e Economia é essencial na prática médica e na participação ativa, informada e responsável nos espaços de debate e decisão partilhada.
O Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde permite, deste modo, obter as ferramentas que permitem refletir e estudar melhorias adaptadas ao contexto em que cada um se insere, mas também potenciar e preparar para futuras oportunidades.
Num espaço partilhado com docentes de diferentes áreas de conhecimento e colegas com profissões e percursos distintos, encontrarão um espaço aberto para discussão desafiante e motivadora!”

Ana Catarina Silva
Ana Catarina Silva

“Frequentar o MGESS tornou-se uma experiência enriquecedora tanto a nível profissional como pessoal, conseguida através da qualidade, dedicação e proximidade de todo o corpo docente, bem como pela partilha de opiniões com os colegas de diferentes áreas profissionais.
Como médica de família, sinto que a minha visão do SNS é agora muito mais abrangente e que tudo o que aprendi permite-me tomar decisões mais eficientes.”

Carla Lemos
Carla Lemos

“Frequentar o MGESS permitiu-me adquirir um conhecimento profundo e abrangente sobre o setor da saúde e desenvolver a minha capacidade analítica e reflexiva sobre o sistema. Neste mestrado encontrei profissionais com elevadas competências e com uma experiência profissional relevante e diversificada o que me proporcionou um sólido conhecimento dos conteúdos e ferramentas lecionados. Com o aumento da competitividade do mercado, a possibilidade de realização de um estágio para conclusão do curso, permitiu colocar em prática o Know-How adquirido e foi a minha porta de entrada para ingressar profissionalmente no setor da saúde. Como atual business analyst numa unidade privada de saúde, recomendo este mestrado, quer a estudantes, quer a trabalhadores que pretendam adquirir conhecimentos ou exercer funções de gestão num setor tão desafiante e dinâmico quanto o da Saúde.”

Francisco Santos Coelho
Francisco Santos Coelho

“O Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde representou, para mim, um lugar de grande crescimento. Profissionalmente, a aquisição de novas aprendizagens em áreas de conhecimento que não dominava e a interação direta – mesmo apesar da incontornável influência pandémica – com colegas de outras áreas profissionais e com professores de renome do plano nacional, tornaram-se fulcrais mais-valias para a minha análise mais crítica do quotidiano médico e da gestão em saúde. Pessoalmente, conheci muito mais sobre mim, sobre as minhas capacidades e sobre os outros, sobretudo porque encontrei ao longo do percurso pessoas excecionais das quais, com certeza, terei o gosto de continuar a caminhar lado a lado.
Agradeço, por isso, a oportunidade. As oportunidades. Hoje sou, definitivamente, um médico mais completo. Hoje vejo a Saúde como mais do que aquilo que julgava ser. Porque o é, de facto. Bem mais.”

 

Mestrados > Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde

Outras informações

Pode aceder a esta informação aqui.

Pode aceder a esta informação aqui.

Pode aceder a esta informação aqui.

Artigos baseados em dissertações

Francisco Santos Coelho e Susana Sampaio Oliveira (2022), “Políticas de Saúde prioritárias no pós-pandemia: a visão dos profissionais de saúde”, Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, Vol. 38, N. 6, pp 595–604, https://www.rpmgf.pt/ojs/index.php/rpmgf/article/view/13451/11822

Fonseca, Carina e Susana Oliveira (2021), “Determinantes no acesso a cuidados continuados em contexto domiciliar”, Revista De Investigação & Inovação Em Saúde, Vol. 4, N. 1, pp 19–33, https://riis.essnortecvp.pt/index.php/RIIS/article/view/144/97

Almeida, Álvaro e Joana Vales (2020), “The impact of primary health care reform on hospital emergency department overcrowding: Evidence from the Portuguese reform, The International Journal of Health Planning and Management, Vol. 35, N.1, pp. 368-377, https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/hpm.2939

Venâncio, Bruno; Álvaro Almeida & Margarida Filipe (2019), “O impacto económico da prevenção de quedas em idosos: uma análise custo-utilidade à intervenção das Equipas de Cuidados Continuados Integrados”, Jornal Brasileiro de Economia da Saúde, Vol. 11, N.1, abril 2019, p. 34-41, http://dx.doi.org/10.21115/JBES.v11.n1.p34-41

Ramos, Pedro e Álvaro Almeida (2016),  “The impact of an increase in user costs on the demand for emergency services: the case of Portuguese hospitals”, Health Economics, Vol. 25, N. 11, p. 1372-1388, https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26201936/

Comunicações orais e posters baseados em dissertações

Tiago Francisco da Cunha Costa e Susana Oliveira (2022), “Transferência de Tarefas entre Médicos e Enfermeiros nos Cuidados de Saúde Primários Portugueses: Análise da Perspetiva dos Utentes”, comunicação oral apresentada no ACONTECE’22, inserido no 13º Encontro Nacional das USF, 14 e 15 de outubro, Altice Forum Braga, vencedor de primeiro prémio.

Francisco Santos Coelho e Susana Oliveira (2021), “Impacto da Pandemia da COVID-19 no Acesso aos Cuidados de Saúde e Retoma da Atividade Assistencial Pré-Pandémica – A Visão dos Profissionais de Saúde”, comunicação oral nas I Jornadas de MGF do Alto e Médio Ave, 15 e 16 de novembro de 2021, vencedor do 1.º prémio.

Fernandes, A. e Susana Oliveira (2020), “Impact Assessment of Lean Approach in Hospital Discharge Planning“, 13ª edição do Encontro de Investigação Jovem da Universidade do Porto, 12 a 14 de fevereiro, Reitoria da Universidade do Porto, poster distinguido no painel Economics and Management.

Sara Maia et al. (2019), “Cost-effectiveness of transcatheter aortic valve implantation versus surgical aortic valve replacement in patients with severe aortic stenosis”, comunicação no Congresso da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardiotorácica e Vascular, Albufeira, 22 a 24 de novembro, vencedora do prémio Heart Team 2019.

Artigos baseados em dissertações do MGESS apresentados em conferências da Associação Portuguesa de Economia da Saúde:

Fatores associados com a adoção de normas de orientação clínica no tratamento de infeções urinárias nos Cuidados de Saúde Primários” (Ana Catarina Silva);

Análise de Eficiência das Unidades Locais de Saúde: uma aplicação da DEA” (André Moreira)

Benchmarking nos Cuidados de Saúde Primários na região Centro: o desempenho relativo como mecanismo de competição” (Isabel Morais-Henriques);

Influência da Organização dos Cuidados de Saúde Primários na Utilização do Serviço de Urgência” (Joana Vales);

Efeito da mudança do modelo organizacional nos resultados dos indicadores de desempenho não incentivados em Cuidados de Saúde Primários” (Miguel Azevedo);

The impact of a rise in co-payments on the demand for emergency services” (Pedro Ramos);

Estudo Comparativo da Produtividade Cirúrgica no Âmbito do SIGIC” (Porfírio Santos);

Effect of socioeconomic factors on health: a closer look at municipalities” (Raquel Duarte);

Potencial impacto de taxas moderadoras na interrupção voluntaria da gravidez” (Sara Valente);

Candidatura

Edital de Candidatura

A FEP pode ser a sua próxima casa!

Contacte-nos

A FEP pode ser a sua próxima casa!

Candidate-se
Contacte-nos